ESG
Escola Superior de Guerra

Links Úteis

Fundação Alexandre de Gusmão – FUNAG
Fundado em 1987, o Instituto de Pesquisa de Relações Internacionais (IPRI) é um órgão da Fundação Alexandre de Gusmão (FUNAG), vinculada ao Ministério das Relações Exteriores (MRE), e tem por finalidade: desenvolver e divulgar estudos e pesquisas sobre temas atinentes às relações internacionais; promover a coleta e a sistematização de documentos relativos a seu campo de atuação; fomentar o intercâmbio científico com instituições congêneres nacionais e estrangeiras; realizar cursos, conferências, seminários e congressos na área de relações internacionais.
Informações: http://funag.gov.br/ipri/index.php/o-que-e-o-ipri

Cadernos do IPRI (1988-1994)
Coleção de artigos publicada pelo IPRI entre 1989 e 1994. Com o objetivo de divulgar textos sobre Relações Internacionais e servir como foro de debate sobre as questões de política externa da época, o IPRI realizou várias rodadas de seminários, das quais resultaram os volumes que agora se encontram digitalizados e disponíveis para download gratuito na loja virtual da Fundação Alexandre de Gusmão.
Informações: http://funag.gov.br/ipri/index.php/2014-09-12-00-14-19

Revista "Cadernos de Política Exterior"
Foi lançado o primeiro número da nova revista do IPRI: Cadernos de Política Exterior. A publicação tem por objetivo oferecer artigos de informação e análise sobre temas da política externa do Brasil, buscando contribuir para o aprofundamento do debate público nessa área.
Informações: http://funag.gov.br/ipri/index.php/cadernos-de-politica-exterior

Coleção Clássicos IPRI (2001-2004)
A coleção Clássicos IPRI é resultado de parceria estabelecida entre o Instituto de Pesquisa de Relações Internacionais (IPRI) e a Editora Universidade de Brasília a fim de publicar bibliografia básica para o estudo das Relações Internacionais. São traduções para o português que facilitam o acesso de alunos de graduação e pós-graduação a obras fundamentais da área.
Informações: http://funag.gov.br/ipri/index.php/2014-09-12-00-13-31

Anuário Antropológico
O Anuário Antropológico é uma revista semestral do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade de Brasília (PPGAS/UnB). Publica artigos originais, ensaios bibliográficos, resenhas, críticas e outros textos de natureza acadêmica que apresentem pesquisas empíricas de qualidade, diálogos teóricos relevantes e perspectivas analíticas diversas. A Revista publica textos em português, inglês, espanhol ou francês. Os artigos selecionados pela comissão editorial são submetidos a pareceristas externos em regime de anonimato. Informações: http://www.dan.unb.br/anuario

História, Histórias
história, histórias (ISSN 2318-1729) é um periódico semestral publicado pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade de Brasília. Esta revista publica dossiês temáticos, artigos avulsos e resenhas em História e áreas afins. Propõe-se a promover o intercâmbio de ideias e resultados de pesquisas entre investigadores da área e recebe também artigos avulsos e resenhas em fluxo contínuo. Propostas de dossiês temáticos são submetidas ao Conselho Editorial. Os interessados em enviar contribuições devem verificar as Diretrizes para Autores.
Informações: http://periodicos.unb.br/index.php/hh

Mundorama
Mundorama é uma abordagem ágil sobre os temas da agenda internacional e da política externa brasileira. No Boletim Mundorama são publicadas contribuições breves versando sobre os temas da agenda internacional contemporânea. A iniciativa divulga também análises de conjuntura, notas técnicas, teses de doutorado, dissertações de mestrado, artigos científicos, relatórios de pesquisa, notícias de eventos e notícias sobre o acervo em formato digital de periódicos especializados. A publicação oferece uma abordagem não-exaustiva, mas cuidadosa e atenta aos rumos do desenvolvimento da comunidade especializada em Relações Internacionais no Brasil.
Informações: http://mundorama.net/

Pós - Revista Brasiliense de Pós-Graduação em Ciências Sociais
A "Pós" (Revista Brasiliense de Pós-Graduação em Ciências Sociais) é um periódico eletrônico, com periodicidade semestral, destinado a divulgar e a ampliar, para estudantes, pesquisadoras e pesquisadores em geral, o campo de circulação e o debate de pesquisas no âmbito das Ciências Sociais. É organizada por estudantes de pós-graduação das unidades que constituem o Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Brasília (ICS-UnB), a saber: Departamento de Antropologia (DAN), Departamento de Sociologia (SOL) e Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas (CEPPAC).
Informações: http://periodicos.unb.br/index.php/revistapos

Revista Brasileira de Ciência Política
A Revista Brasileira de Ciência Política, publicada pelo Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília, busca ser um espaço de reflexão plural, que abrigue estudos sobre o fenômeno da política ­ de cientistas políticos, mas também de sociólogos, antropólogos, historiadores, comunicólogos ­ que partam de diferentes perspectivas teóricas e metodológicas. E que tenham em comum o compromisso com a reflexão rigorosa e a capacidade de estimular a pesquisa na área. Cada número traz um dossiê sobre tema relevante da ciência política. Além da presença de pesquisadores brasileiros, a revista buscará disponibilizar traduções de textos importantes, mas ainda inéditos em língua portuguesa
Informações: http://periodicos.unb.br/index.php/rbcp

Revista de Estudos e Pesquisas sobre as Américas
A Revista de Estudos e Pesquisas sobre as Américas (ISSN 1984-1639) é uma publicação semestral do Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas (CEPPAC) da Universidade de Brasília (UnB), que aceita trabalhos inéditos sob a forma de artigos, resenhas de livros ou entrevistas. Os trabalhos deverão contemplar (i) a discussão dos grandes temas e problemas que caracterizam o pensamento sobre as Américas; (ii) a ênfase nos estudos comparativos e interdisciplinares; e (iii) a consistência com as linhas de pesquisa do programa de pós-graduação do CEPPAC. A Revista publicará trabalhos em português, espanhol e inglês. Poderão ser publicados trabalhos em outras línguas, a critério do Comitê Executivo.
Informações: http://periodicos.unb.br/index.php/repam/

Revista de Direito
A revista DIREITO.UnB propõe-se a ser um novo espaço de estudos e discussões interdisciplinares em torno de problemas jurídicos. O periódico é publicado em um volume anual, dividido em dois números semestrais, conforme o modelo internacional dos periódicos acadêmicos. Em princípio, são admitidos artigos em português, inglês e espanhol, mas podem ser aceitas, excepcionalmente, submissões de artigos em francês e italiano. Além de sua publicação impressa, a revista tem uma versão eletrônica, a ser incluída em portais acadêmicos nacionais e internacionais.
Informações: http://revistadireito.unb.br/

Série Antropologia
Série Antropologia é editada pelo Departamento de Antropologia da Universidade de Brasília, desde 1972. Visa à divulgação de textos de trabalho, artigos, ensaios e notas de pesquisas no campo da Antropologia Social. Divulgados na qualidade de textos de trabalho, a série incentiva e autoriza a sua republicação. A principal característica da Série Antropologia é a capacidade de divulgar com extrema agilidade a produção de pesquisa dos professores do departamento, incluindo ainda a produção de discentes, às quais cada vez mais se agrega a produção de professores visitantes nacionais e estrangeiros.
Informações: http://www.dan.unb.br/serie-antropologia-apresentacao

Sociedade e Estado
A revista Sociedade e Estado vem sendo editada pelo Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília desde de 1986 e está vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Sociologia da mesma universidade. Neste período foram publicados trabalhos originais relacionados às Ciências Sociais enquadrados nas seguintes categorias: estudos teóricos, revisões críticas de literatura, relatos de pesquisa, notas técnicas, resenhas e notícias.
Informações: http://www.scielo.br/revistas/se/paboutj.htm

 

a. "Instituições Públicas Nacionais"


- Fundação Alexandre de Gusmão (FUNAG)
A Fundação Alexandre de Gusmão (FUNAG), instituída pela lei 5.717 de 26 de outubro de 1971, é uma fundação pública vinculada ao Ministério das Relações Exteriores, que tem como objetivos básicos, dentre outros:
• realizar e promover atividades culturais e pedagógicas no campo das relações internacionais e da história diplomática do Brasil; e
• contribuir para a formação no Brasil de uma opinião pública sensível aos problemas da convivência internacional.
A FUNAG conta com duas unidades: o Instituto de Pesquisa de Relações Internacionais (IPRI) e o Centro de História e Documentação Diplomática (CHDD).
Informações: http://funag.gov.br

- Instituto de Pesquisa de Relações Internacionais (IPRI)
Fundado em setembro de 1987, o Instituto de Pesquisa de Relações Internacionais (IPRI) é um órgão da Fundação Alexandre de Gusmão (FUNAG), vinculada ao Ministério das Relações Exteriores (MRE).
O IPRI trabalha para a ampliação e o aprofundamento dos canais de diálogo entre o Ministério das Relações Exteriores e a comunidade acadêmica sobre temas de interesse para a política externa brasileira.
Informações: http://funag.gov.br/ipri/index.php/o-que-e-o-ipri

- Instituto Brasileiro de Estudos de Defesa – Instituto Pandiá Calógeras (IPC)
O IPC é um centro de pesquisas que presta direta assessoria ao Ministro de Defesa do Brasil.
Sua missão é produzir análises, promover o diálogo e estimular a produção de conhecimento sobre tema de interesse da defesa nacional.
Ao fazê-lo, o Instituto também contribui para adensar a relação entre civis e militares de maneira permanente e estruturada.
Informações: 8468-instituto-pandia-calogeras-ipc

 

b. "Instituições Públicas Internacionais"

- Academia Nacional de Estudios Políticos y Estratégicos – Ministerio de Defensa Nacional (ANEPE) – Chile

A Academia Nacional de Estudos Políticos e Estratégicos (ANEPE) é uma instituição de Estado-Maior dependente do Ministério da Educação Nacional de Defesa. Desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão, visando aumentar o conhecimento do pessoal de defesa e de segurança das Forças Armadas, das Forças da Ordem e Segurança Pública, Administração Estatal e do setor privado, constituindo ao mesmo tempo um ponto de encontro da sociedade chilena entre o mundo civil e do mundo militar em torno destas questões.
Informações: https://www.anepe.cl

- Centro de Estudos Estratégicos de Defesa do Conselho de Defesa Sul-Americano (CEED/CDS) – UNASUL
O propósito do CEED-CDS é contribuir para a consolidação dos princípios e objetivos estabelecidos no Estatuto do CDS, a partir da geração de conhecimento e difusão de um pensamento estratégico sul-americano em matéria de defesa e segurança regional e internacional, sempre por iniciativa do CDS.
Nesse contexto, o CEED-CDS tem por finalidade avançar na definição e identificação dos interesses regionais, concebidos como o conjunto dos fatores comuns, compatíveis e/ou complementares do interesse nacional dos países da UNASUL.
Informações: http://ceed.unasursg.org/index.html

- Instituto Espanhol de Estudos Estratégicos (IEEE) – Espanha
O IEEE foi criado em 1970 no âmbito do Centro de Estudos Avançados de Defesa Nacional (CESEDEN) com a missão de realizar estudos de natureza estratégica, sociológica, aplicação militar e polemológicos e ajudar a promover a consciência nacional de defesa.
Informações: www.ieee.es/

- Instituto da Defesa Nacional (IDN) – Portugal
O IDN é um serviço central da administração direta do Estado, dotado de autonomia administrativa e dispõe de autonomia científica e pedagógica e tem como missão principal o apoio à formulação do pensamento estratégico nacional, assegurando o estudo, a investigação e a divulgação das questões de segurança e defesa.
Informações: www.idn.gov.pt/

- Associação dos Colégios de Defesa Ibero americanos (ACDIA)
Associação de Colégios de Defesa Ibero-Americanos constitui-se como um mecanismo de contato permanente entre os diferentes Colégios de Defesa, no âmbito acadêmico, com a finalidade de promover o intercâmbio permanente de experiências e debates sobre uma cultura e pensamento próprios no campo dos estudos para a Paz, a Defesa e a Segurança Internacionais, que sirva adicionalmente como vínculo para estreitar os laços de amizade, cooperação e de criação progressiva de uma cultura de segurança e defesa da Comunidade Ibero-Americana.
Informações: www.asociacioncolegiosdefensaiberoamericanos.org/