Você está aqui: Página Inicial > CURSOS REGULARES

CURSOS REGULARES

Curso de Altos Estudos de Política e Estratégia

O incentivo ao avanço tecnológico, assim como o início da atividade geral de formação de atitudes estimula a padronização da gestão inovadora da qual fazemos parte.

 Objetivo Geral

 Preparar civis e militares do Brasil e de Nações Amigas para o exercício de funções de direção e assessoramento de alto nível na administração pública, em especial na área de Defesa Nacional.

Público-alvo: oficiais-generais e oficiais superiores das Forças Armadas, Forças Auxiliares e de Nações Amigas e civis indicados por instituições convidadas.

RESUMO HISTÓRICO DO CURSO (CLIQUE AQUI)

 

Organização do Curso

A estrutura curricular do CAEPE é disposta em duas grandes fases que refletem a abordagem metodológica do curso (fase básica e fase conjuntural), divididas temporalmente de acordo com as fases do Método de Planejamento da ESG.

Os diversos Estudos estão organizados por meio de Disciplinas, pelo critério de afinidade e coordenação dos assuntos e áreas de conhecimento.A fase básica apresenta fundamentos e conceitos que servirão de fundamento para os estudos e atividades de alta complexidade que se ocorrerão a seguir.A fase conjuntural aprofunda e integra conhecimentos que vão possibilitar a efetivação de avaliações conjunturais e a construção de cenários, nacionais e internacionais, elaborados nesta fase.Durante esse período, são estabelecidas condições para que o estagiário complemente os conhecimentos iniciais por meio de estudos de problemas conjunturais do Brasil e outros relacionados ao interesse nacional, organizados nas Expressões do Poder Nacional, a saber: Política, Econômica, Psicossocial, Científica e Tecnológica e Militar.

O CAEPE funciona ao longo de, aproximadamente, 40 (quarenta) semanas, possuindo carga horária total de 1.000 (mil) horas. O detalhamento da estrutura curricular do CAEPE pode ser visualizado a seguir.

DETALHAMENTO DA ESTRUTURA CURRICULAR (CLIQUE AQUI)

 

Abordagem Metodológica

A abordagem metodológica desenvolvida pela ESG propicia aos estagiários a aplicação prática dos conteúdos estudados em diversos níveis de complexidade, caracteriza-se, desse modo, como um sistema de estudos, pesquisas e atividades que requer tanto desempenhos individuais como em grupo. Para tanto, são utilizadas técnicas de ensino que tornem as atividades mais produtivas e dinâmicas, de modo a favorecer a participação, a troca de experiências e o desenvolvimento dos estagiários.

 

Indicação e Seleção

Para realizar cursos na ESG, os civis e militares das Forças Estaduais devem ser indicados por instituições convidadas por esta Escola, que conduzirá o Processo Seletivo.

Os militares e civis das Forças Armadas são indicados diretamente pelo Ministério da Defesa ou pelas respectivas Forças Singulares.

Os demais critérios para indicação e seleção aos cursos da ESG são publicados, anualmente, em Diretriz para o Planejamento e Processo Seletivo dos Cursos da Escola, no Diário Oficial da União e disponível na página eletrônica da ESG.

 A Ficha Informativa para os candidatos civis e militares das Forças Auxiliares terá seu link encaminhado por e-mail  e seu preenchimento é obrigatório.

Contatos para esclarecimentos e informações adicionais sobre os processos de indicação e seleção deverão ser feitos por intermédio da Assessoria de Seleção e Avaliação (ASA), no seguintes telefones e endereço eletrônico: (21) 3545-9867 / (21) 3545-9868 ou asa@esg.br.

Para outros esclarecimentos sobre a condução do curso, favor contatar a Seção de Apoio aos Estagiários por meio do telefone 3545-9843

Ou diretamente com a coordenação do curso:
CMG (RM1-T) LAMEIRAS

E-mail: fortunato.lameiras@esg.br
Telefone: (21) 98582-5507

 

Curso Avançado de Defesa Sul-Americano

 Objetivo Geral

Desenvolver o pensamento sul- americano de defesa, com base na cooperação e integração regionais.
Público-alvo: civis e militares que atuam na área de defesa dos países sul-americanos União de Nações Sul-Americanas (UNASUL). 

 

Organização do Curso

A estrutura curricular do CAD-SUL é desenvolvida ao longo de 10 semanas, com uma carga horária total em torno de 330 (trezentas e trinta) horas, ampara-se em estudos teóricos e em aplicações práticas do conteúdo programático, estabelecidos por meio de estudos e disciplinas, ministrados de modo a integrar os seguintes conhecimentos: Caracterização dos Países da UNASUL, Organismos Internacionais, Geopolítica e Geoestratégia, Segurança e Defesa, Base Industrial de Material de Defesa e Conselho de Defesa Sul-Americano (CDS). O detalhamento da estrutura curricular do CAD-SUL pode ser visualizado a seguir.

DETALHAMENTO DA ESTRUTURA CURRICULAR (CLIQUE AQUI)

 

Abordagem Metodológica

A abordagem metodológica desenvolvida pela ESG propicia aos estagiários a aplicação prática dos conteúdos estudados em diversos níveis de complexidade, configura-se como um sistema de estudos, pesquisas e atividades que requer tanto desempenhos individuais como em grupo. Para tanto, técnicas de ensino tornam as atividades mais produtivas e dinâmicas, de modo a favorecer a participação, a troca de experiências e o desenvolvimento dos estagiários.

 

Indicação e Seleção

 A indicação e a seleção são efetuadas pelos Estados Membros da UNASUL e Comandos das Forças, por solicitação do MD. Os contatos para esclarecimentos e informações poderão ser feitos por intermédio da Assessoria de Seleção e Avaliação (ASA), no seguinte telefone e endereço eletrônico:

(21) 3545-9868

asa@esg.br

Curso de Estado-Maior Conjunto

Objetivo Geral

Preparar militares para o exercício de funções nos Estados-Maiores Conjuntos e para o desempenho de atividades que envolvam o planejamento e o emprego estratégico-operacional de forças militares em operações conjuntas, ou executadas sob orientação e supervisão do Ministério da Defesa. 

Público-alvo: oficiais superiores das Forças Armadas.

RESUMO HISTÓRICO DO CURSO (CLIQUE AQUI)

 

Organização do Curso

O CEMC está estruturado em 2 (dois) módulos: não presencial e presencial.
O módulo I, não presencial, realizado em ambiente virtual de aprendizagem, é destinado à revisão conceitual e atualização dos fundamentos necessários à compreensão do planejamento e emprego de forças em operações conjuntas. É realizado em, aproximadamente, 4 (quatro) semanas, com previsão de 2 h/a por dia, de 2ª a 6ª feira.

A estrutura curricular do módulo II, presencial, é desenvolvida em 2 (duas) fases, básica e específica, ao longo de, aproximadamente, 16 (dezesseis) semanas, com uma carga horária total em torno de 560 (quinhentos e sessenta horas), distribuídas em 4 (quatro) disciplinas.

Sua estrutura curricular pretende conduzir o estagiário para uma aplicação prática do conteúdo programático, o qual contemplará assuntos ligados direta ou indiretamente ao conhecimento sobre o planejamento e o emprego de forças em um Comando Conjunto. O detalhamento da estrutura curricular do CEMC pode ser visualizado a seguir.

DETALHAMENTO DA ESTRUTURA CURRICULAR (CLIQUE AQUI)

 

Abordagem Metodológica

A abordagem metodológica desenvolvida pela ESG possibilita aos estagiários a aplicação prática dos conteúdos estudados em diversos níveis de complexidade, configurando-se como um sistema de estudos, pesquisas e atividades que requerem tanto desempenhos individuais como em grupo. Para tanto, técnicas de ensino adequadas são usadas para tornar as atividades mais produtivas e dinâmicas, de modo a favorecer a participação, a troca de experiências e o desenvolvimento dos estagiários.

 

Indicação e Seleção

A indicação e a seleção são realizadas pelos Comandos das Forças, por solicitação do MD, conforme descritas na Diretriz para o Planejamento e Processo Seletivo dos Cursos da ESG, publicada anualmente e disponível na página eletrônica da ESG.

Curso de Gestão de Recursos de Defesa - MG

Objetivo Geral

Apresentar os conceitos de defesa no Estado moderno e dos processos de gestão no âmbito da administração pública e privada.

Público-alvo: civis e oficiais superiores das Forças Armadas e Forças Estaduais.

RESUMO HISTÓRICO DO CURSO (CLIQUE AQUI)

 

Organização do Curso

A estrutura curricular do CGERD é desenvolvida ao longo de, aproximadamente, 8 (oito) semanas, com uma carga horária total em torno de 159 (cento e cinquenta e nove) horas, destinadas às atividades de estudo e atividades complementares. Sua estrutura curricular é organizada de modo a integrar os conhecimentos das seguintes áreas: Poder Nacional; Relações Internacionais; Gestão de Recursos de Defesa; Desenvolvimento Nacional e Indústria de Defesa. Para o cômputo da carga horária serão considerados 3 (três) encontros semanais de 3 (três) horas de duração, preferencialmente de 3ª a 5ª feiras.

O detalhamento da estrutura curricular do CGERD pode ser visualizado a seguir.
DETALHAMENTO DA ESTRUTURA CURRICULAR (CLIQUE AQUI)

 

Abordagem Metodológica 

A abordagem metodológica desenvolvida pela ESG propicia aos estagiários a aplicação prática dos conteúdos estudados em diversos níveis de complexidade, configurando-se como um sistema de estudos, pesquisas e atividades que requerem tanto desempenhos individuais como em grupo. Para tanto, técnicas de ensino específicas tornam as atividades mais produtivas e dinâmicas, de modo a favorecer a participação, a troca de experiências e o desenvolvimento dos estagiários.

 

Indicação e Seleção

Para realizar cursos na ESG, os civis e militares das Forças Estaduais devem ser indicados por instituições convidadas por esta Escola, que conduzirá o Processo Seletivo.

Os militares e civis das Forças Armadas são indicados diretamente pelo Ministério da Defesa ou pelas respectivas Forças Singulares.

Os demais critérios para indicação e seleção aos cursos da ESG são publicados, anualmente, em Diretriz para o Planejamento e Processo Seletivo dos Cursos da Escola, no Diário Oficial da União e disponível na página eletrônica da ESG.

Instruções para inscrição no Processo Seletivo

Parecer da Instituição

Termo de Compromisso Institucional

Ficha Informativa de Militares (preenchimento obrigatório para os militares das FFAA indicados ao curso)

Contatos para esclarecimentos e informações adicionais sobre os processos de indicação e seleção deverão ser feitos por intermédio da Assessoria de Seleção e Avaliação (ASA), no seguinte telefone e endereço eletrônico: (21) 3545-9867 / (21) 3545-9868 ou asa@esg.br.

 

Para outros esclarecimentos sobre a condução do curso, favor contatar a coordenação:

 

Diretor do CGERD MG:

CMG (RM1 FN) Fonseca

E-mail: fonseca@esg.br

Telefones: (21) 3545-9875

 

Curso de Análise de Crises Internacionais

Objetivo Geral

O Curso de Análise de Crises Internacionais (CACI) tem por objetivo capacitar especialistas para a realização de análise de crises internacionais, desenvolvendo habilidades interpretativas para aprofundar a compreensão da realidade política internacional contemporânea, com ênfase na área de Segurança Internacional.

 Organização do Curso

O CACI será realizado ao longo de 5 (cinco) semanas consecutivas, sendo as duas primeiras na modalidade de ensino a distância e as demais na modalidade de ensino presencial, em Brasília. As cinco semanas desenvolver-se-ão no período de 07 de junho a 09 de julho de 2021. A fase EAD será realizada no período de 07 de junho a 16 de junho e a fase presencial no período de 21 de junho a 09 de julho.

A estrutura curricular compreende as seguintes disciplinas e áreas de conhecimento: Relações Internacionais, Direito Internacional Público , Economia Política Internacional, Teoria de Crises Internacionais, Modelos de Análise de Crises Internacionais e de Geopolítica

 Abordagem Metodológica

A abordagem metodológica desenvolvida pela ESG propicia aos discentes, experiência prática dos conteúdos estudados em diversos níveis de complexidade, configurando-se como um sistema de estudos, pesquisas e atividades, exigindo comprometimento individual e trabalhos em grupo.

O CACI propõe-se a desenvolver competências que permitam a realização de análise de crises internacionais, visando à prestação de alto nível no campo da política internacional.

Tais competências serão atingidas pela natureza instrumental do curso: os conceitos e teorias que fundamentam o estudo de crises internacionais não são estudadas como um fim em si mesmas, mas como mero embasamento para a aplicação de modelos de análise de crises.

A instrumentalidade do curso contribui para que os discentes recebam conhecimento útil e atualizado ao exercício de cargos e de funções de analistas de política internacional e de inteligência, de formulador de cenários e de assessor internacional.

 

Indicação e Seleção

Para realizar cursos na ESG, os civis e militares das Forças Estaduais devem ser indicados por instituições convidadas por esta Escola, que conduzirá o Processo Seletivo.

Os militares e civis das Forças Armadas são indicados diretamente pelo Ministério da Defesa ou pelas respectivas Forças Singulares.

Os demais critérios para indicação e seleção aos cursos da ESG são publicados, anualmente, em Diretriz para o Planejamento e Processo Seletivo dos Cursos da Escola, no Diário Oficial da União e disponível na página eletrônica da ESG.

A Ficha Informativa para os candidatos civis e militares das Forças Auxiliares terá seu link encaminhado por e-mail  e seu preenchimento é obrigatório.

Contatos para esclarecimentos e informações adicionais sobre os processos de indicação e seleção deverão ser feitos por intermédio da Assessoria de Seleção e Avaliação (ASA), no seguinte telefone e endereço eletrônico: (21) 3545-9867 / (21) 3545-9868 ou asa@esg.br.

Para outros esclarecimentos sobre a condução do curso, favor contatar a coordenação:

Diretor do Curso:

Cel Hernandes

E-mail: fernando.hernandes@esg.br

Curso de Logística e Mobilização Nacional

1. Objetivo Geral

O curso destina-se a preparar civis e militares das Forças Armadas, dos Estados e do Distrito Federal para atuar nos níveis gerenciais da Logística Nacional, bem como no assessoramento aos órgãos responsáveis pelo Sistema Nacional de Mobilização (SINAMOB).

Público-alvo: civis e oficiais superiores das Forças Armadas e Forças Auxiliares.

Para o CLMN 2021 foram enviados convites à autarquias, agências e órgãos públicos federais e estaduais, a componentes dos Poderes Judiciário, Legislativo e Executivo, assim como outras entidades de interesse para a Logística e Mobilização Nacionais.

 

2. Organização do Curso

O Curso está em sua 30ª edição, sendo realizado e organizado pela primeira vez no campus Brasília.

Para a consecução do objetivo geral do Curso, a estrutura curricular é desenvolvida em duas fases que totalizam 16 (dezesseis) semanas, sendo realizada na modalidade semipresencial, conforme abaixo:

a) primeira fase, ensino à distância (EAD), desenvolvida em 4 (quatro) semanas, no período de 2 a 27 de agosto de 2021; e

b) segunda fase, presencial, desenvolvida em 12 (doze) semanas, de 30 de setembro a 19 de novembro. A ser confirmado em função da situação da pandemia.

Para o cômputo da carga horária, são consideradas as horas-aula (h/a) conforme abaixo:

- Fase EAD - serão considerados 3 (três) h/a pela manhã, de 09:00 às 11:50, alternando entre aulas na modalidade EAD e remotas; e

- Fase presencial - são considerados 7 (sete) tempos diários de aula, sendo 4 (quatro) h/a pela manhã e 3 (três) h/a à tarde, de 2ª a 5ª feira, e 4 (quatro) h/a nas manhãs de 6ª feira. Sendo de 09:00 às 12:40 e de 13:40 às 16:30. A cada quinze (15) dias, os três (3) tempos da tarde de sexta-feira serão tempos à disposição do Comando, podendo, caso julgado adequado, serem utilizadas para atividades.

Conforme a Portaria Normativa nº 80/GM-MD, de 21 de agosto de 2020 que altera a Portaria Interministerial nº1 MD/MEC, de 26 de agosto de 2015, o Curso é equivalente à pósgraduação lato-sensu, definidos na Resolução CES/CNE nº 01, de 6 de abril de 2018 da Câmara de Ensino do Conselho Nacional de Educação.

 

3. Abordagem Metodológica

A estrutura do Curso ampara-se em estudos teóricos e em aplicações práticas do conteúdo programático, estabelecido por meio de Disciplinas organizadas em Unidades de Estudos (UE), ministradas de modo a integrar os conhecimentos das seguintes áreas: Administração, Política, Economia, Geopolítica, Planejamento Estratégico e Gestão relacionados à Logística e Mobilização Nacional.

 

3.1 Atividades complementares aos estudos

Estas atividades envolvem tempos destinados à administração e ambientação dos discentes ao curso e à Escola; ao Departamento Acadêmico e à Direção do Curso; à Assessoria de Planejamento e Avaliação do Ensino (APLAE); às cerimônias de abertura e encerramento; à Assessoria de Seleção e Acompanhamento (ASA) para integração dos discentes; ao Ciclo Anual de Seminários e Palestras (CASP) e ao estudo individual e à pesquisa.

3.2 Estudos Interdisciplinares de Campo

Estudos Interdisciplinares de Campo é uma das Unidades de Estudo que integra a Estrutura Curricular do CLMN, através da qual são realizados levantamentos e pesquisas de campo por meio de visitas a órgãos governamentais e empresas públicas e privadas, a fim de obter dados de interesse e consolidar a aprendizagem dos conteúdos de forma transversal. Essas atividades permitirão o reconhecimento de aspectos da logística e da mobilização nacionais, constituindo um meio eficaz de fixação e observação prática dos assuntos ministrados, além da identificação de boas práticas adotadas por empresas benchmark em logística e de interesse da Defesa. Poderão, a critério do Diretor do Curso, ser planejados tempos para trabalho em grupo de modo a consolidar os conhecimentos auferidos, bem como ser solicitado um relatório aos grupos de trabalho.

3.3 Avaliação

3.3.1 Avaliação da Aprendizagem

Os procedimentos avaliativos estão pautados em documentos e orientações normativas próprias. A avaliação é expressa em conceitos, com base no registro avaliativo, de acordo com a tabela abaixo. O conceito será registrado no histórico escolar. 

REGISTRO AVALIATIVO

CONCEITO

RESULTADO

SITUAÇÃO DO DISCENTE

10.0 – 9.0

A

Excelente

Aprovado

8.9 – 8.0

B

Muito Bom

7.9 – 7.0

C

Bom

Abaixo de 7.0

D

Insuficiente

A ser apreciada pelo Comandante do Campus Brasília, ouvido o Conselho de Ensino.

Haverá avaliação da aprendizagem dos discentes em todas as disciplinas, sendo utilizados diferentes instrumentos/técnicas neste processo de acordo com o previsto no Plano de Avaliação referente ao Curso. A avaliação poderá ser desenvolvida individualmente ou em grupos.

Para efeito de aprovação será considerado aprovado no Curso, conforme disposto no Plano de Avaliação, o discente que:

a) obtiver frequência mínima de 75% no curso;

b) entregar e apresentar o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) em conformidade com as instruções específicas constates do Manual de Procedimentos da Atividade de Ensino Trabalho de Conclusão de Curso;

c) obtiver conceito maior ou igual a C no TCC;

d) receber conceito maior ou igual a C em cada disciplina avaliada; e

e) cumprir as tarefas acadêmicas previstas na programação do curso.

3.3.2 Trabalho de Conclusão de Curso

Será desenvolvido de forma individual ou em grupos de até 4 (quatro) discentes, sobre temas de interesse da Defesa. Deverá refletir o pensamento do autor, além de ser escrito com base no rigor científico e metodológico. A proposição de temas para TCC pelos discentes, caso ocorra, deverá abordar os campos da Segurança, Defesa e Desenvolvimento, relacionados à Logística e Mobilização Nacionais, e serão avaliados e aprovados pela Escola.

3.3.3 Avaliação do ensino

É realizada com base nas informações coletadas nas fichas de avaliação preenchidas pelos discentes, visando a identificar e analisar os aspectos positivos e as oportunidades de melhoria no que tange à Estrutura Curricular, ao desenvolvimento do curso, ao desempenho dos integrantes da Escola Superior de Guerra (ESG), bem como o dos palestrantes e conferencistas externos à Escola.

3.3.4 Frequência às atividades

A frequência nas atividades programadas, para ambas as fases, é obrigatória. Os critérios relativos ao controle da frequência, motivo da falta, cancelamento da matrícula e desligamento do curso estão dispostos no Plano de Avaliação do Curso.

 

4. QUADRO GERAL DE CARGA HORÁRIA

O curso possui carga horária total de cerca de 427 h/a, sendo composta de, no mínimo, 360 h/a destinadas às atividades de estudo e as restantes destinadas às atividades complementares. A carga horária poderá variar em razão da reformulação do curso e da atualização constante de assuntos afetos ao tema.

ATIVIDADE

CARGA HORÁRIA (h/a)

Estudos

361

Complementar

66

Carga horária total

427

 

ATIVIDADES DE ESTUDOS

DISCIPLINAS

h/a

Fundamentos

1. Segurança, Desenvolvimento e Defesa

24

 

 

128

2. Geopolítica

12

3. Metodologia de Pesquisa Científica

33

4. Planejamento Estratégico

29

5. Fundamentos da Logística e da Mobilização Nacionais

30

Logística e Mobilização

6. Panorama da Infraestrutura: impacto na Logística e da Mobilização Nacionais

35

 

 

 

233

7. Logística e Mobilização em Situações Especiais

16

8. Gestão Logística

48

9. Sistema Nacional de Mobilização

38

10. Base Industrial de Defesa

25

11. Estudos Interdisciplinares de Logística e Mobilização

71

TOTAL DE HORAS DE ENSINO

361

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

h/a

Tempo destinado ao Departamento Acadêmico

6

Tempo destinado ao Diretor do Curso

3

Tempo à Assessoria de Planejamento e Avaliação de Ensino (APLAE)

3

Cerimônias de Abertura e Encerramento do Curso

5

Tempo destinado à Assessoria de Seleção e Acompanhamento (ASA)

7

Ciclo Anual de Seminários e Palestras (CASP)

9

Orientação para Estudos Interdisciplinares de Campo

1

Tempo para Estudos Complementares e Pesquisa Individual (EPI)

14

Tempos à Disposição do Comando

18

TOTAL DE HORAS COMPLEMENTARES

66

 

5. Indicação e Seleção

Para realizar cursos na ESG, os civis e militares das Forças Estaduais devem ser indicados por instituições convidadas por esta Escola, que conduzirá o Processo Seletivo.

Os militares e civis das Forças Armadas são indicados diretamente pelo Ministério da Defesa ou pelas respectivas Forças Singulares.

Os demais critérios para indicação e seleção aos cursos da ESG são publicados, anualmente, em  Diretriz para o Planejamento e Processo Seletivo dos Cursos da Escola, no Diário Oficial da União e disponível na página eletrônica da ESG.

Instruções para inscrição no Processo Seletivo

            Parecer da Instituição

Termo de Compromisso Institucional

            Ficha Informativa de Militares (preenchimento obrigatório para os militares das FFAA indicados ao curso)

A Ficha Informativa para os candidatos civis e militares das Forças Auxiliares terá seu link encaminhado por e-mail  e seu preenchimento é obrigatório.

Contatos para esclarecimentos e informações adicionais sobre os processos de indicação e seleção deverão ser feitos por intermédio da Assessoria de Seleção e Avaliação (ASA), no seguinte telefone e endereço eletrônico: (21) 3545-9867 / (21) 3545-9868 ou asa@esg.br.

Curso Superior de Defesa

Objetivo Geral

Proporcionar conhecimentos para o exercício de funções de assessoramento de alto nível as quais envolvam assuntos de defesa, tanto no âmbito do MD como nos demais órgãos governamentais de interesse da Defesa Nacional, promovendo a interação entre os integrantes dos Cursos de Altos Estudos realizados pelas Forças Armadas e pela ESG.

Público-alvo: civis e militares das Forças Armadas, Forças Auxiliares e Nações Amigas.

 

Organização do Curso

 O currículo do CSD está estruturado em 3 (três) disciplinas que articulam e sistematizam os conteúdos abordados e integram conhecimentos das seguintes áreas: Defesa; Política e Estratégia e Relações Internacionais. Tendo em vista que a interação entre as Forças é um requisito fundamental para a eficiência e a eficácia da Defesa Nacional, o caráter integrador norteia a execução do curso. O CSD possui carga horária total em torno de 250 (duzentas e cinquenta) horas, distribuídas no período de março a novembro, sendo desenvolvido concomitante aos cursos de Altos Estudos (CAEPE, C-PEM, CPEAEx e CPEA).

O detalhamento da estrutura curricular do CSD pode ser visualizado a seguir. DETALHAMENTO DA ESTRUTURA CURRICULAR (CLIQUE AQUI) 

 

Abordagem Metodológica

A abordagem metodológica desenvolvida pela ESG propicia aos estagiários a aplicação prática dos conteúdos estudados em diversos níveis de complexidade, configurando-se como um sistema de estudos, pesquisas e atividades que requer tanto desempenhos individuais como em grupo. Para tanto, técnicas de ensino específicas tornan as atividades mais produtivas e dinâmicas, de modo a favorecer a participação, a troca de experiências e o desenvolvimento dos estagiários.

 

Indicação e Seleção

O curso é destinado exclusivamente aos estagiários matriculados nos cursos de Altos Estudos das Forças, não havendo processo seletivo para este curso.

 

Curso Superior de Inteligência Estratégica

Curso Superior de Inteligência Estratégica

Objetivo Geral

Preparar civis e militares para o exercício de funções de Inteligência Estratégica na administração pública e, em especial, nos órgãos componentes do Sistema Brasileiro de Inteligência (SISBIN).

Público-alvo: civis e oficiais superiores das Forças Armadas, dos Estados e do Distrito Federal.

RESUMO HISTÓRICO DO CURSO (CLIQUE AQUI) 

 

Organização do Curso
Para a consecução do objetivo geral do curso, a estrutura curricular do CSIE é disposta em 2 (duas) fases, Básica e Específica, que refletem a abordagem metodológica do curso. Os conteúdos estão organizados por Disciplinas e estas por Unidades de Estudo. Estão previstas as realizações de Visitas de Estudo, a determinadas instituições que atuam em áreas específicas, e uma Viagem de Estudos em território nacional com destino e data a serem divulgados oportunamente.

O curso está planejado para ocorrer em turno integral, no Campus Brasília.

A Fase Básica apresenta fundamentos e conceitos básicos sobre o Poder Nacional, Informação em Redes e Metodologia da Pesquisa.


A Fase Específica aborda os conceitos de Inteligência Estratégica, com ênfase no SISBIN e seus subsistemas, integrando os conhecimentos de relações internacionais, geopolítica e das atividades de inteligência. Nesta fase serão desenvolvidos estudos aplicados, particularmente a Elaboração de Cenários e Estimativa de Inteligência, consolidando a sua interdisciplinaridade.

O detalhamento da estrutura curricular do CSIE pode ser visualizado a seguir:

DETALHAMENTO DA ESTRUTURA CURRICULAR (CLIQUE AQUI) 

 

Abordagem Metodológica

A abordagem metodológica desenvolvida pela ESG propicia aos estagiários a aplicação prática dos conteúdos estudados em diversos níveis de complexidade, configurando-se como um sistema de estudos, pesquisas e atividades que requer tanto desempenhos individuais como em grupo. Para tanto, técnicas de ensino adequadas tornam as atividades mais produtivas e dinâmicas, de modo a favorecer a participação, a troca de experiências e o desenvolvimento dos estagiários.

 

Indicação e Seleção

Para realizar cursos na ESG, os civis e militares das Forças Estaduais devem ser indicados por instituições convidadas por esta Escola, que conduzirá o Processo Seletivo.

Os militares e civis das Forças Armadas são indicados diretamente pelo Ministério da Defesa ou pelas respectivas Forças Singulares.

Os demais critérios para indicação e seleção aos cursos da ESG são publicados, anualmente, em Diretriz para o Planejamento e Processo Seletivo dos Cursos da Escola, no Diário Oficial da União e disponível na página eletrônica da ESG.

Instruções para inscrição no Processo Seletivo

Parecer da instituição

Termo de Compromisso Institucional

Ficha Informativa de Militares (preenchimento obrigatório para os militares das FFAA indicados ao curso)

A Ficha Informativa para os candidatos civis e militares das Forças Auxiliares terá seu link encaminhado por e-mail  e seu preenchimento é obrigatório.

Contatos para esclarecimentos e informações adicionais sobre os processos de indicação e seleção deverão ser feitos por intermédio da Assessoria de Seleção e Avaliação (ASA), no seguinte telefone e endereço eletrônico: (21) 3545-9867 / (21) 3545-9868 ou asa@esg.br.

 

Para outros esclarecimentos sobre a condução do curso, favor contatar a coordenação:

 

Diretor do CSIE:

CMG (FN) Sérvio Corrêa da Rocha Junior

E-mail: servio.correa@defesa.gov.br

Telefones: (61) 2023-5084 / (61) 2023-5085

 

 

Programa de Extensão Cultural da Escola Superior de Guerra (PECESG)

pecesg

Objetivo Geral

Proporcionar, por meio de um programa de caráter flexível, conduzido por meio de palestras, conferências, e atividades de caráter cultural, social e informativo, a ampliação e o aperfeiçoamento cultural dos participantes.

 

Organização do Curso

A Divisão de Apoio aos Cursos será responsável pelo planejamento, coordenação e a execução do PECESG 2019.
O Programa será realizado de Julho a Outubro, com carga horária semanal de 2 (duas) horas, em uma única tarde, de 14:00h às 16:00h, normalmente às quartas-feiras.

 

 

Inscrição e Seleção

Inscrição e Seleção

Período previsto: 2º Semestre de 2019 

Orientações gerais:

- Não há estacionamento na ESG;

- O traje previsto para as atividades programadas é o Traje Passeio (com blazer e gravata para homens). Em algumas situações específicas, poderá ser dispensado o uso do paletó e da gravata e permitido o uso da camisa de meia manga com gola.

Em caso de dúvidas, estamos à disposição pelo telefone 21 3545-9923 ou e-mail mariaelisa@esg.br

 

 

CDICA

Curso de Direito Internacional dos Conflitos Armados 

 

  • Objetivo Geral

Capacitar para o exercício de assessoramento à alta direção e de funções ligadas ao ensino que estejam diretamente relacionadas às normas do Direito Internacional dos Conflitos Armados (DICA).

A abordagem do curso considera o arcabouço jurídico nacional bem como o de organismos internacionais.

Os conteúdos ministrados referem-se à aplicação, ao respeito e à garantia do cumprimento das convenções internacionais, sejam de origem convencional ou consuetudinária.

  • Organização do Curso

A estrutura curricular do curso prevê 6 (seis) semanas de duração, sendo 3 (três) na modalidade à distância e 3 (três) na presencial.

A carga horária total é de aproximadamente 130h, contemplando diversos conteúdos nas áreas de Direito Internacional, de Relações Internacionais, de estrutura e funcionamento dos principais organismos internacionais, de Segurança e Defesa, de fundamentos do DICA, dos Direitos Humanos (DH) e do Direito Internacional Humanitário (DIH), o que assegura conhecimento atualizado dos principais tratados e convenções, bem como dos procedimentos gerais de comportamento em uma ação de conflito armado.

Na fase à distância, o discente receberá orientação para os estudos, incluindo a bibliografia obrigatória e as instruções para elaboração do trabalho de grupo, que deverá ser apresentado na primeira semana do módulo presencial.

Nessa fase presencial, serão aprofundados temas do DIH durante as operações militares (com destaque para Missões de Paz), do arcabouço legal aplicável às operações militares (ressaltando a responsabilidade do Comando), bem como dos principais organismos internacionais que tratam da aplicação do DICA.

Na fase presencial, são ministradas 6 (seis) aulas por dia, de segunda a sexta-feira, sendo 3 (três) pela manhã, das 9h às 12h, e 3 (três) pela tarde, das 13h às 16h.

DETALHAMENTO DA ESTRUTURA CURRICULAR (CLIQUE AQUI)

 

  • Abordagem Metodológica

A abordagem metodológica desenvolvida pela ESG propicia aos discentes, experiência prática dos conteúdos estudados em diversos níveis de complexidade, configurando-se como um sistema de estudos, pesquisas e atividades, exigindo comprometimento individual e trabalhos em grupo.

  • Indicação e Seleção

Os critérios para indicação e seleção aos cursos da ESG encontram-se na Diretriz para o Planejamento e Processo Seletivo dos Cursos da Escola, publicada anualmente no Diário Oficial da União e disponível na página eletrônica da ESG, no link: http://10.10.10.35:8080/esgbr/nova-secao

Contatos para esclarecimentos e informações adicionais deverão ser feitos por intermédio da Assessoria de Seleção e Avaliação (ASA), no seguinte telefone e endereço eletrônico: 

(21) 3545-9868

asa@esg.br

application/pdf CAEPE.pdf — 204 KB

application/pdf CADSUL.pdf — 17 KB

application/pdf CEMC.pdf — 109 KB

application/pdf CGERD.pdf — 196 KB

application/pdf CLMN.pdf — 228 KB

application/pdf CSIE.pdf — 200 KB

application/pdf CDICA.pdf — 189 KB

application/pdf CSUPE.pdf — 139 KB

application/msword FIC_2017.doc — 115 KB

application/pdf CDIPLOD.pdf — 266 KB

Curso de Altos Estudos em Defesa

Objetivo Geral

Desenvolver competências em matéria de segurança, defesa e desenvolvimento, a partir de estudos sobre a realidade brasileira e seu entorno, priorizando os interesses da função estatal Defesa Nacional, a fim de propiciar a profissionais de direção e assessoria superior instrumental teórico-prático útil à formulação de políticas e estratégias no campo da Defesa em sentido amplo.

Público-alvo

Oficiais superiores das Forças Armadas e servidores da alta administração federal, indicados por instituições convidadas.

Organização do Curso

A estrutura curricular do CAED está constituída de disciplinas que articulam e sistematizam os conteúdos abordados e integram conhecimentos das seguintes áreas: Segurança, Defesa e Desenvolvimento; Cultura, Psicossociologia e Defesa; Estado Brasileiro e Defesa em Perspectiva Histórica; Relações Internacionais; Geopolítica, Desenvolvimento e Defesa no Brasil; Defesa Nacional; Gestão Estratégica de Defesa; do Trabalho de Conclusão de Curso.

O CAED será realizado no campus Brasília, no período de 1º de março a 03 de dezembro de 2021.

Amparado pela Portaria Interministerial nº 1 MD/MEC, de 26 de agosto de 2015, o curso é uma pós-graduação lato-sensu, definidos na Resolução nº 01, de 03 de abril de 2001, alterada pela Resolução nº 01, de 08 de junho de 2007, da Câmara de Ensino do Conselho Nacional de Educação.

Abordagem Metodológica

A abordagem metodológica desenvolvida pela ESG propicia aos discentes, experiência prática dos conteúdos estudados em diversos níveis de complexidade, configurando-se como um sistema de estudos, pesquisas e atividades, exigindo comprometimento individual e trabalhos em grupo.

 

 DETALHAMENTO DA ESTRUTURA CURRICULAR (CLIQUE AQUI)

 Indicação e Seleção

Para realizar cursos na ESG, os civis e militares das Forças Estaduais devem ser indicados por instituições convidadas por esta Escola, que conduzirá o Processo Seletivo.

Os militares e civis das Forças Armadas são indicados diretamente pelo Ministério da Defesa ou pelas respectivas Forças Singulares.

Os demais critérios para indicação e seleção aos cursos da ESG são publicados, anualmente, em Diretriz para o Planejamento e Processo Seletivo dos Cursos da Escola, no Diário Oficial da União e disponível na página eletrônica da ESG.

Instruções para inscrição no Processo Seletivo

Parecer da Instituição

Termo de Compromisso Institucional

Ficha Informativa de Militares (preenchimento obrigatório para os militares das FFAA indicados ao curso)

A Ficha Informativa para os candidatos civis e militares das Forças Auxiliares terá seu link encaminhado por e-mail  e seu preenchimento é obrigatório.

Contatos para esclarecimentos e informações adicionais sobre os processos de indicação e seleção deverão ser feitos por intermédio da Assessoria de Seleção e Avaliação (ASA), no seguinte telefone e endereço eletrônico: (21) 3545-9867 / (21) 3545-9868 ou asa@esg.br.

 Para outros esclarecimentos sobre a condução do curso, favor contatar a coordenação:

 Diretor do CAED:

Coronel Nelson Marinho de Bastos Junior

Telefones: (61) 9 93188671

Curso de Direito Internacional dos Conflitos Armados

Objetivo Geral

O Curso de Direito Internacional dos Conflitos Armados (CDICA) destina-se a preparar militares e civis para o exercício de funções de assessoramento de alto nível e de ensino que envolvam questões relativas à legislação dos conflitos armados, tanto no âmbito da Defesa como nos organismos ligados ao DICA, quanto à aplicação, ao respeito e à garantia do cumprimento das normas internacionais, de origem convencional ou consuetudinária.

A abordagem do curso considera o arcabouço jurídico nacional bem como o de organismos internacionais.

Os conteúdos ministrados referem-se à aplicação, ao respeito e à garantia do cumprimento das convenções internacionais, sejam de origem convencional ou consuetudinária.

 Organização do Curso

Para a consecução do objetivo geral do curso, a estrutura curricular do CDICA é estabelecida por meio de 5 disciplinas, que articulam e sistematizam os conteúdos abordados e integram conhecimentos das seguintes áreas: Direito Internacional Humanitário (DICA); Relações Internacionais e o DICA; Instituições Internacionais; Segurança e Defesa; e Justiça Militar da União e o DICA.

O CDICA será ministrado no período de 08 fevereiro a 12 de março (fase à distância) e, na modalidade presencial, no período de 15 de março a 26 de março de 2021.

Na fase à distância, o discente receberá orientação para os estudos, incluindo a bibliografia obrigatória e as instruções para elaboração do trabalho de grupo, que deverá ser apresentado na primeira semana do módulo presencial.

Nessa fase presencial, serão aprofundados temas do DIH durante as operações militares (com destaque para Missões de Paz), do arcabouço legal aplicável às operações militares (ressaltando a responsabilidade do Comando), bem como dos principais organismos internacionais que tratam da aplicação do DICA.

 DETALHAMENTO DA ESTRUTURA CURRICULAR (CLIQUE AQUI)

 Abordagem Metodológica

A abordagem metodológica desenvolvida pela ESG propicia aos discentes, experiência prática dos conteúdos estudados em diversos níveis de complexidade, configurando-se como um sistema de estudos, pesquisas e atividades, exigindo comprometimento individual e trabalhos em grupo.

 Indicação e Seleção

Para realizar cursos na ESG, os civis e militares das Forças Estaduais devem ser indicados por instituições convidadas por esta Escola, que conduzirá o Processo Seletivo.

Os militares e civis das Forças Armadas são indicados diretamente pelo Ministério da Defesa ou pelas respectivas Forças Singulares.

Os demais critérios para indicação e seleção aos cursos da ESG são publicados, anualmente, em Diretriz para o Planejamento e Processo Seletivo dos Cursos da Escola, no Diário Oficial da União e disponível na página eletrônica da ESG.

 A Ficha Informativa para os candidatos civis e militares das Forças Auxiliares terá seu link encaminhado por e-mail  e seu preenchimento é obrigatório.

Contatos para esclarecimentos e informações adicionais sobre os processos de indicação e seleção deverão ser feitos por intermédio da Assessoria de Seleção e Avaliação (ASA), no seguinte telefone e endereço eletrônico: (21) 3545-9867 / (21) 3545-9868 ou asa@esg.br.

Para outros esclarecimentos sobre a condução do curso, favor contatar a coordenação:

CMG RM1 Paulo Edvandro da Costa Pinto

E-mail: costa.pinto@defesa.gov.br

Telefone: (61) 2023-5030

application/pdf folder1005.pdf — 2630 KB

Curso de Diplomacia e Defesa

Objetivo Geral

Desenvolver competências relacionadas ao exercício da atividade de Diplomacia e Defesa, com vistas aos interesses da Política Nacional de Defesa, conciliados com os objetivos da Política Externa Brasileira.

 Organização do Curso

Para a consecução do objetivo do CDIPLOD a estrutura curricular apresenta uma abordagem inicial de base teórica no campo das Relações Internacionais, explora aspectos mais relevantes da Diplomacia Brasileira, conduzida pelo Ministério das Relações Exteriores e destaca temas da Defesa Nacional que mais interessam ao exercício daquelas funções. Complementam-se tais competências com conteúdos próprios de profissões de áreas afins, agregando desta forma, os conhecimentos necessários e o uso de ferramentas adequadas, àqueles que poderão participar do processo de representação do Brasil no exterior.

O CDIPLOD será realizado ao longo de 5 semanas, sendo 3 na modalidade de ensino a distância, de 24 de agosto a 11 de setembro, e 2 na modalidade presencial, no período de 14 a 25 de setembro. O curso possui carga horária total de 118 horas/aula, sendo 108 horas de atividades de estudo, 4 horas de estudos e pesquisas individuais e 6 horas de atividades administrativas.

Para o cômputo da carga horária, são consideradas 8 horas de atividades por dia, de segunda a sexta-feira, de 08:30h às 17:00hs.

DETALHAMENTO DA ESTRUTURA CURRICULAR (CLIQUE AQUI)

 Abordagem Metodológica

A abordagem metodológica desenvolvida pela ESG propicia aos discentes, experiência prática dos conteúdos estudados em diversos níveis de complexidade, configurando-se como um sistema de estudos, pesquisas e atividades, exigindo comprometimento individual e trabalhos em grupo.

 

Indicação e Seleção

Para realizar cursos na ESG, os civis e militares das Forças Estaduais devem ser indicados por instituições convidadas por esta Escola, que conduzirá o Processo Seletivo.

Os militares e civis das Forças Armadas são indicados diretamente pelo Ministério da Defesa ou pelas respectivas Forças Singulares.

Os demais critérios para indicação e seleção aos cursos da ESG são publicados, anualmente, em Diretriz para o Planejamento e Processo Seletivo dos Cursos da Escola, no Diário Oficial da União e disponível na página eletrônica da ESG.

 

Contatos para esclarecimentos e informações adicionais sobre os processos de indicação e seleção deverão ser feitos por intermédio da Assessoria de Seleção e Avaliação (ASA), no seguinte telefone e endereço eletrônico: (21) 3545-9867 / (21) 3545-9868 ou asa@esg.br.

 Para outros esclarecimentos sobre a condução do curso, favor contatar a coordenação:

 Diretor do CDIPLOD: 
Cel R/1 (EB) Luiz Otávio Sales Bonfim.
E-mail: luiz.bonfim@defesa.gov.br
(61) 2023-5050

application/pdf CSD.pdf — 187 KB

application/pdf ParteI.pdf — 185 KB

application/pdf ParteII.pdf — 186 KB

application/pdf ParteIII.pdf — 185 KB

application/pdf Binder.pdf — 192 KB

Curso de Gestão de Recursos de Defesa – SP

Objetivo Geral

Apresentar os conceitos de defesa no Estado moderno e dos processos de gestão no âmbito da administração pública e privada.

Público-alvo: civis e oficiais superiores das Forças Armadas e Forças Estaduais.

RESUMO HISTÓRICO DO CURSO (CLIQUE AQUI)

 

Organização do Curso

 A estrutura curricular do CGERD é desenvolvida ao longo de, aproximadamente, 8 (oito) semanas, com uma carga horária total em torno de 159 (cento e cinquenta e nove) horas, destinadas às atividades de estudo e atividades complementares. Sua estrutura curricular é organizada de modo a integrar os conhecimentos das seguintes áreas: Poder Nacional; Relações Internacionais; Gestão de Recursos de Defesa; Desenvolvimento Nacional e Indústria de Defesa. O próximo Curso de Gestão de Recursos de Defesa (CGERD-2020) em São Paulo - SP, ocorrerá nas instalações da FIESP, na modalidade presencial, no período de 10 de agosto a 1º de outubro de 2020.

O detalhamento da estrutura curricular do CGERD pode ser visualizado a seguir.
DETALHAMENTO DA ESTRUTURA CURRICULAR (CLIQUE AQUI)

 

Abordagem Metodológica 

A abordagem metodológica desenvolvida pela ESG propicia aos estagiários a aplicação prática dos conteúdos estudados em diversos níveis de complexidade, configurando-se como um sistema de estudos, pesquisas e atividades que requerem tanto desempenhos individuais como em grupo. Para tanto, técnicas de ensino específicas tornam as atividades mais produtivas e dinâmicas, de modo a favorecer a participação, a troca de experiências e o desenvolvimento dos estagiários.

 

Indicação e Seleção

Para realizar cursos na ESG, os civis e militares das Forças Estaduais devem ser indicados por instituições convidadas por esta Escola, que conduzirá o Processo Seletivo.

Os militares e civis das Forças Armadas são indicados diretamente pelo Ministério da Defesa ou pelas respectivas Forças Singulares.

 Os demais critérios para indicação e seleção aos cursos da ESG são publicados, anualmente, em Diretriz para o Planejamento e Processo Seletivo dos Cursos da Escola, no Diário Oficial da União e disponível na página eletrônica da ESG.

 Instruções para inscrição no Processo Seletivo

 Parecer da Instituição

 Termo de Compromisso Institucional

 Ficha Informativa de Militares (preenchimento obrigatório para os militares das FFAA indicados ao curso)

 

Contatos para esclarecimentos e informações adicionais sobre os processos de indicação e seleção deverão ser feitos por intermédio da Assessoria de Seleção e Avaliação (ASA), no seguinte telefone e endereço eletrônico: (21) 3545-9867 / (21) 3545-9868 ou asa@esg.br.

Para outros esclarecimentos sobre a condução do curso, favor contatar a coordenação:

 Adjunto do CGERD-SP:

 CEL. STOPATTO

 E-mail: sergio.stopatto@esg.br

application/pdf Caci.pdf — 61 KB

application/pdf csie.pdf — 112 KB