Você está aqui: Página Inicial > Notícias > ACDIA - Integração das mulheres nas Forças Armadas é tema da palestra da Almirante Luciana

Notícias

ACDIA - Integração das mulheres nas Forças Armadas é tema da palestra da Almirante Luciana

Nesta segunda-feira, 16/11, no VI Seminário da Associação de Colégios de Defesa Ibero-Americanos: “Mulheres, Paz e Segurança: perspectivas de gênero nas Forças Armadas”, a Contra-Almirante Engenheira Naval Luciana Mascarenhas da Costa Marroni proferiu a conferência “Integração das mulheres nas Forças Armadas: estudo de caso da República Federativa do Brasil”.

A Almirante Luciana é a segunda mulher a alcançar o generalato no Brasil e, em sua apresentação, destacou os aspectos históricos e a evolução da presença feminina nas três Forças Armadas, com exposição de dados estatísticos sobre o constante incremento da presença das mulheres no efetivo das Forças Armadas brasileiras. Também destacou fatos relevantes que marcam a atuação do segmento feminino em diferentes tarefas militares, com ênfase nas operações de paz, assinalando que militares brasileiras, em reconhecimento ao alto grau de profissionalismo demonstrado, já receberam uma série de prêmios internacionais.

Após a conferência, a Almirante se colocou à disposição da assistência e respondeu diversas questões trazidas por debatedores brasileiros, chilenos e portugueses, com destaque sobre os seguintes assuntos: a crescente presença feminina nas áreas operacionais das Forças Armadas, fato que vem ocorrendo de forma progressiva, coordenada e cada vez mais rápida no Brasil; mudanças na legislação vigente nos últimos trinta anos, que basicamente permitiram o acesso irrestrito de mulheres na maior parte dos cargos e funções militares no Brasil; limitações logísticas que vêm sendo contornadas para adaptação dos meios operativos, escolas militares e aquartelamentos para recepção das mulheres nas Forças; peculiaridades e sacrifício comum às mulheres que dedicam-se a qualquer atividade profissional, seja ela de natureza civil ou militar; e programas bem sucedidos de preparação de mulheres (civis e militares), no Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil e no Centro de Operações de Paz de Caráter Naval da Marinha do Brasil.

Esta edição do Seminário foi organizada pelo Instituto da Defesa Nacional de Portugal e pelo Centro de Altos Estudios Nacionales do Uruguai, e contou com a colaboração de conferencistas de outras sete Instituições como: Colegio de Altos Estudios Estratégicos (El Salvador), Academia de Defensa Militar Conjunta (Equador), Centro Superior de Estudios de la Defensa Nacional (Espanha), Colegio de Defensa Nacional (México), Centro de Altos Estudios Nacionales (Peru) e Escuela de Graduados de Altos Estudios Estratégicos (República Dominicana).

O conteúdo do Seminário, apresentações e vídeos, encontram-se disponíveis no seguinte endereço: https://www.esg.br/estudos-estrategicos/vi-seminario-acdia-mulheres-paz-seguranca-perspectivas-de-generos-nas-forcas-armadas

registrado em: