Você está aqui: Página Inicial > Notícias > ESG celebra 71º aniversário e realiza imposição da Medalha do Mérito Marechal Cordeiro de Farias

Notícias

ESG celebra 71º aniversário e realiza imposição da Medalha do Mérito Marechal Cordeiro de Farias

No dia 20 de agosto a Escola Superior de Guerra (ESG) completou 71 anos de criação. Para marcar a significativa data, foram realizadas cerimônias militares no campus Brasília e Rio de Janeiro da Escola, ocasiões em que civis, militares e instituições foram agraciados com a Medalha do Mérito Marechal Cordeiro de Farias.

Na capital federal, a solenidade, realizada no dia 19 de agosto, foi presidida pelo Ministro de Estado da Defesa, Fernando Azevedo e Silva e contou com a presença do Ministro da Casa Civil, Walter Souza Braga Netto, do Ministro de Minas e Energia, Bento Costa Lima Leite de Albuquerque Júnior, do Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas do Ministério da Defesa, Tenente-Brigadeiro do Ar Raul Botelho, e do Secretário-Geral do Ministério da Defesa, Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos, além de outras personalidades civis e militares.

Ao dirigir-se aos presentes, o Ministro Fernando Azevedo enfatizou que a ESG estimula a discussão da sociedade sobre o exercício do poder militar como organismo garantidor do ambiente seguro para que as pessoas tenham liberdade de fazer escolhas e construir suas vidas. "Discutir a defesa é uma atividade complexa em um País em que a memória coletiva não dimensiona os horrores de um conflito", observou.

 No campus Rio de Janeiro, a cerimônia, realizada no dia 20 de agosto, foi presidida pelo Comandante da ESG, Almirante de Esquadra Wladmilson Borges de Aguiar e prestigiada pelos agraciados Almirantes de Esquadra Leonardo Puntel, Marcos Sampaio Olsen, Marcelo Francisco Campos, Paulo Martino Zuccaro e pelo senhor Daniel Moczydlower, dentre outros civis e militares.

Em suas palavras, o Almirante de Esquadra Borges destacou a história da Escola, que, ano após ano, trabalha para que continue sendo reconhecida como um centro de excelência nacional e referência internacional no ensino e na pesquisa sobre Defesa e Desenvolvimento. "Ao comemorarmos os 71 anos de criação da ESG, afirmamos que a Escola, como centro de excelência nacional e de referência internacional no ensino e na pesquisa, permanece estudando os problemas do Brasil e formando especialistas que certamente contribuirão, dentro da sua área de atuação, para o desenvolvimento e segurança do nosso país", afirmou o Comandante da ESG.

Ambas as cerimônias foram marcadas pela imposição da Medalha do Mérito Marechal Cordeiro de Farias. A medalha destina-se a homenagear e distinguir integrantes da Escola, personalidades nacionais ou estrangeiras, de reconhecida competência e notável saber, pelos serviços prestados, bem como organizações militares e instituições civis, nacionais ou estrangeiras, que se tenham tornado credoras da homenagem especial da Escola Superior de Guerra. Criada em 1983, a condecoração é uma homenagem ao Marechal Oswaldo Cordeiro de Farias, primeiro Comandante da Escola Superior de Guerra.

 banner mcf.jpg

---

Palavras do Comandante alusivas ao 71º Aniversário da ESG

Senhoras e Senhores, bom dia!

Inicialmente, quero agradecer a presença de todos, especialmente a do Ministro de Estado da Defesa, General de Exército FERNANDO AZEVEDO E SILVA, pelo prestígio que nos concede ao presidir esta cerimônia, bem como a do Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República, General de Exército WALTER SOUZA BRAGA NETTO, e do Ministro de Estado de Minas e Energia, Almirante de Esquadra BENTO COSTA LIMA LEITE DE ALBUQUERQUE JÚNIOR, por meio dos quais agradeço a presença das demais autoridades já nominadas.

Apesar do Estado de Emergência em Saúde Pública de importância nacional e internacional, decorrente da COVID-19, estamos reunidos observando as necessárias medidas de prevenção sanitária, para comemorarmos nesta singela cerimônia o septuagésimo primeiro aniversário desta Escola.

A Escola Superior de Guerra foi criada em 20 de agosto de 1949, sob a influência das experiências obtidas por um grupo de militares, capitaneados pelo Marechal César Obino, após o Segundo Conflito Mundial e, diante dos prenúncios de uma nova ordem, apontados pelo início da Guerra Fria. Esses militares acreditavam que o País poderia tornar-se uma grande potência, desde que houvesse vontade política e, sobretudo, fosse implementado um método de planejamento próprio.

Seus primeiros Comandantes, Marechal Cordeiro de Farias, General Juarez Távora e o Vice-Almirante Ernesto de Araújo, estabeleceram os fundamentos sobre os quais o ensino e a pesquisa se apoiariam nos anos seguintes.

A busca pelo estímulo intelectual multidisciplinar fez com que, em 1951, além de militares das Forças Armadas, a Escola recebesse também a contribuição de civis do mais alto nível dos diversos segmentos profissionais da sociedade, medida de cunho visionário e elevado alcance.

Ao longo de sua existência, tornou-se reconhecido Instituto de Altos Estudos de Política, Estratégia e Defesa, onde são desenvolvidos e disseminados conhecimentos necessários ao exercício de funções de direção e assessoramento superior na Administração Pública, em especial nas áreas de Defesa e Segurança.

O ano de 2011 representou um marco na história da ESG, com a expansão de suas atividades para a Capital Federal, materializada pela criação do Núcleo de Implantação da ESG Campus Brasília, inicialmente localizado nas instalações do anexo do Ministério da Defesa, reaproximando a Escola do centro político-administrativo do País, de forma a atingir o interesse estratégico do Estado, isto é, formar especialistas civis em assuntos de defesa.

No dia 2 de dezembro de 2019, no local onde está sendo realizada esta cerimônia, passou a funcionar o Campus Brasília da ESG, o qual era anteriormente ocupado pela Escola Nacional de Administração Pública. Em 3 de junho de 2020, essas instalações foram incorporadas ao patrimônio do Ministério da Defesa, por meio da assinatura do Termo de Entrega Patrimonial, intermediado pela Secretaria de Coordenação e Governança do Patrimônio da União.

Atualmente, a Escola conduz onze cursos, sendo quatro no Rio de Janeiro, cinco em Brasília, um em São Paulo e um em Belo Horizonte. O Curso de Altos Estudos de Política e Estratégia (CAEPE) e o Curso de Altos Estudos de Defesa (CAED) são ministrados, respectivamente, no Rio de Janeiro e em Brasília, tendo como propósito preparar civis e militares, inclusive de outras nações, para o desempenho de funções de alto nível.

Desde o início do presente ano, vem sendo realizado o Curso Superior de Defesa (CSD), reunindo alunos dos Cursos de Altos Estudos da Escola de Guerra Naval e da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, além dos estagiários do CAEPE. Os discentes passaram a frequentar disciplinas, palestras e conferências em comum e a aproximação tem proporcionado o estreitamento de laços de amizade e cooperação, bem como a uniformidade da formação acadêmica entre aqueles que exercem ou se preparam para ocupar cargos na Alta Administração, em suas respectivas Forças, nos órgãos públicos de interesse do Ministério da Defesa.

Além dos onze cursos ministrados e do programa de pós-graduação “stricto sensu” em andamento, foi realizado, no período de agosto de 2019 até agosto de 2020, um significativo número de simpósios, seminários, painéis e mesas redondas, entre outras atividades de pesquisa e extensão, para a obtenção ou divulgação de conhecimentos estratégicos para a área de defesa.

O Instituto de Doutrina de Operações Conjuntas, prossegue firme no propósito de pesquisar e estudar essa doutrina, contribuindo para a uniformização do ensino, no âmbito das escolas de altos estudos das três Forças.

Complementando os atuais Cursos de Altos Estudos realizados no Rio de Janeiro e em Brasília, a Escola contou com a fundamental cooperação junto à sociedade civil proporcionada pela Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra, difundindo, em âmbito nacional, os trabalhos produzidos por esta Instituição. São milhares os “Adesguianos” que contribuem, por meio dos seus conhecimentos, para o aperfeiçoamento dos processos de gestão e tomada de decisões, tanto na Administração Pública, como na iniciativa privada.

Além disso, temos interagido com instituições congêneres no Brasil e no exterior, contribuindo para a projeção da ESG e o estreitamento de laços com outros países.

Como visão de futuro e em consonância com a Estratégia Nacional de Defesa, o Campus Brasília desta Escola brevemente se tornará a Escola Superior de Defesa (ESD), onde serão realizados vários cursos de interesse da Administração Pública, no âmbito dos três Poderes. Nesse Sentido, a Escola Superior de Defesa terá por finalidade desenvolver atividades voltadas primordialmente ao aperfeiçoamento de servidores públicos civis em temas de interesse do Estado brasileiro, bem como dos setores de Defesa e da Segurança Nacional. A Escola Superior de Guerra permanecerá no Rio de Janeiro com os cursos de maior interesse das Forças Armadas.

Ao comemorarmos os 71 anos de criação da ESG, afirmamos que a Escola, como centro de excelência nacional e de referência internacional no ensino e na pesquisa, permanece estudando os problemas do Brasil e formando especialistas que certamente contribuirão, dentro da sua área de atuação, para o desenvolvimento e segurança do nosso País.

Celebramos, neste momento, e teremos muito mais a celebrar, dando continuidade ao legado daqueles que nos antecederam. Além do esforço e dedicação de todos os que aqui labutam, contamos com o imprescindível e irrestrito apoio do Ministro da Defesa, General FERNANDO, dos Comandantes das Forças, Almirante ILQUES, General LEAL PUJOL e Brigadeiro BERMUDEZ; do Chefe do EMCFA, Brigadeiro BOTELHO; e do Secretário-Geral do MD, Almirante GARNIER; e de suas equipes.

Aproveito a oportunidade para parabenizar os agraciados com a Medalha do Mérito Marechal Cordeiro de Farias, em homenagem e reconhecimento pelos relevantes serviços prestados a esta Escola.

Por fim, concito a todos os tripulantes da ESG a continuarem realizando um trabalho profícuo, como forma de honrar aqueles que nos antecederam, bem como propiciar um futuro digno aos que nos sucederão. Além disso, agradeço pela dedicação, lealdade, profissionalismo e, principalmente, pela disponibilidade e trabalho diuturno em prol da nossa Instituição.

Que o nosso bom Deus permaneça iluminando o nosso caminho!

Parabéns à Escola Superior de Guerra!

Nesta casa, estuda-se o destino do Brasil.

Tudo pela Pátria!

WLADMILSON BORGES DE AGUIAR

Almirante de Esquadra

Comandante