Você está aqui: Página Inicial > Notícias > ESG sedia Seminário sobre as regras de engajamento

Notícias

ESG sedia Seminário sobre as regras de engajamento

A Comissão Interescolar de Doutrina de Operações Conjuntas, em parceria com a Assessoria de Doutrina e Legislação do Estado Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), promove na Escola Superior de Guerra (ESG), de 17 a 19 de setembro, o Seminário “Regras de Engajamento”.

O evento, cujo objetivo é levantar subsídios com vistas a aprimorar, consolidar e difundir os conhecimentos sobre o tema “Elaboração de Regras de Engajamento Embasadas em Aspectos Jurídicos Nacionais e Internacionais”, reúne representantes do Ministério da Defesa e de organizações das Forças Armadas como as Escolas Congêneres, o Centro Desenvolvimento Doutrinário do Corpo de Fuzileiros Navais e do Departamento de Educação e Cultura do Exército.

Em seu discurso de abertura, o Comandante da Escola Superior de Guerra, Almirante de Esquadra Alipio Jorge, destacou a importância do evento para ampliar competências, conhecimentos e atitudes em assessores militares, no nível estratégico e operacional, que atuam no campo de batalha das operações conjuntas. “Deve-se levar em conta a doutrina, as práticas episódicas ou do adestramento, a complexidade, as peculiaridades e os desafios potenciais diante da diversidade de cenários e de ameaças difusas“, completou.

O primeiro dia do Seminário foi dedicado à exposição de conceitos e experiências divididas nas seguintes palestras: Conceitos Básicos sobre Regras de Engajamento, ministrada pelo Coronel Afonseca e pelo Coronel Sérgio, do EMCFA; a Experiência de Nação Amiga sobre Regras de Engajamento, pelo Tenente-Coronel Carlos Eduardo da Escola de Comando e Estado Maior do Exército (ECEME); a Experiência sobre o Emprego, Elaboração e Aplicação de Regras de Engajamento em Operações de GLO, pelo Doutor Max Repsold, do Ministério Público Militar; e a visão de cada Força sobre as Regras de Engajamento, com apresentações do Capitão-Tenente Fernandes, do Comando de Operações Navais, do Tenente-Coronel Marcelo Rezende, da ECEME, e do Coronel Pietrani, do Comando da Aeronáutica.

Seguindo a programação, os participantes serão divididos em grupos de discussão, nos quais poderão debater os conhecimentos adquiridos e levantar os aspectos mais relevantes observados. As conclusões serão submetidas à apreciação do Chefe do EMCFA e poderão tornar-se convenções doutrinárias.

 

registrado em: