Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Ética é debatida no III Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa

Notícias

Ética é debatida no III Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa

O General de Exército Décio Luís Schons, Chefe do Departamento de Ciência e Tecnologia (DCT) do Exército e antigo Comandante da Escola Superior de Guerra (ESG), participou do III Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na última quinta-feira, 13 de agosto. O evento é realizado em parceria pela ESG e pela Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC).

O General discorreu sobre o tema “Ética e Modernidade”, “um assunto árido e considerado por muitos fora de moda”, com o objetivo de ajudar a compreender a importância da ética para a vida em sociedade. Ele tratou de quatro correntes filosóficas ocidentais de destaque: a ética da virtude, a ética cristã, a ética do dever e a ética utilitarista.

O Chefe do DCT tratou ainda da ética militar, que surgiu com o Estado Nacional e mistura princípios da aretologia, deontologia e utilitarismo. Ela é tradicionalmente formada por quatro pilares: hierarquia, disciplina, princípio da autoridade e tradição. “O pensamento militar é o realismo conservador. Não existe militar otimista, porque ele sabe que tem que se preparar para quando um conflito acontecer”, analisou.

Durante sua palestra, o General Schons também destacou o momento ímpar que o mundo vive. “A COVID-19 é a maior ameaça enfrentada pela minha geração. Essa crise vai provocar uma quebra de paradigma, sem dúvidas. Nós já não temos certeza como será daqui a seis meses em nossas vidas e em nosso país. O que temos que buscar é que essa transformação seja presidida pela ética do caráter”, afirmou.

Ao final de sua exposição o General respondeu a dúvidas e questionamentos dos participantes. A palestra foi acompanhada pelo Subcomandante da ESG e Diretor do III Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa, Major Brigadeiro do Ar Leonidas de Araújo Medeiros Júnior.

O III Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa conta com oito semanas de programação 100% on-line que aborda aspectos da Defesa, Infraestrutura, Desenvolvimento e perspectivas para o cenário pós-pandemia. Além de integrantes da FIESC e da ESG, o Ciclo também conta com a participação das Federações das Indústrias dos Estados da Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná, Tocantins e Minas Gerais.

registrado em: