Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Ministros Bento Albuquerque e Tarcísio de Freitas realizam conferências a estagiários do CSD

Notícias

Ministros Bento Albuquerque e Tarcísio de Freitas realizam conferências a estagiários do CSD

A Escola Superior de Guerra (ESG) recebeu no dia 24 de junho o Ministro de Minas e Energia, Bento Costa Lima Leite de Albuquerque Júnior,  e o Ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. Os ministros realizaram conferências para os 182 estagiários do Curso Superior de Defesa (CSD), que reúne os estagiários dos  Cursos de Altos Estudos de Política e Estratégia (CAEPE); de Política e Estratégia Marítimas (C-PEM); de Política, Estratégia e Alta Administração do Exército (CPEAEx); e  de Política e Estratégia Aeroespaciais (CPEA).
Pela manhã, o Ministro Bento Albuquerque abordou a “Política Nacional de Minas e Energia”, apresentando a organização do Ministério, as características dos setores energético e mineral, objetivos estratégicos, estabelecimento de políticas públicas e o planejamento da pasta.  
Entre os objetivos estratégicos, ele destacou a segurança energética, o uso racional de energia, o aproveitamento sustentável dos recursos energéticos e minerais, a universalização dos serviços de  energia elétrica, racionalidade econômica em prol da sociedade e ambiente setorial de confiança, inovação e competitividade. “É um país que tem um patrimônio muito grande e temos que transformar isso em riqueza, se tivermos condições de defender, fiscalizar e controlar”, concluiu.  
À tarde, o Ministro Tarcísio de Freitas realizou uma exposição sobre a “Política Nacional do Ministério da Infraestrutura”.  
“Infraestrutura é um tema de Estado e tem que ser pensada a longo prazo. Tudo o que fazemos agora vai começar a ter repercussão econômica daqui a alguns anos”, afirmou o Ministro.  
Ele apresentou, ainda, as iniciativas e os projetos do Ministério e falou sobre leilões de aeroportos, ferrovias, rodovias e seus processos de concessão e realização.  “Precisamos ter agilidade. O que é atrativo hoje pode não ser atrativo amanhã”.  
Sobre o planejamento da pasta, ele demonstrou uma visão otimista. “Nós temos uma série de iniciativas em andamento que vão impulsionar a Logística. A estratégia do Ministério está calcada na transferência de ativos para a iniciativa privada, em um programa forte de concessões de rodovias, ferrovias, aeroportos e portos, na conclusão de obras que estão em andamento e na resolução de problemas do passado”, declarou.

registrado em: