Você está aqui: Página Inicial > Um novo paradigma para a indústria de defesa é tema do 5º encontro do Ciclo

Notícias

Um novo paradigma para a indústria de defesa é tema do 5º encontro do Ciclo

O quinto encontro do Ciclo de Atualização do Curso de Gestão de Recursos de Defesa (CGERD), que aconteceu nesta segunda-feira, 19/10, teve como tema “Apoio e Financiamento. Investimentos e Exportações da BID: a construção de um novo paradigma.”. O convidado foi o diretor do Departamento de Financiamento e Economia de Defesa do Ministério da Defesa, General de Brigada Flavio Mayon Ferreira Neiva.

O General apresentou a estrutura envolvida no processo de Defesa do país e sua relação com a base industrial de defesa, ressaltando que as tecnologias muitas vezes criadas nesta indústria, também têm utilidade no âmbito civil e, por isso, é importante fomentar a área.

Outra vantagem, lembrada pelo diretor, é que a indústria de defesa proporciona oportunidade de negócios para o Brasil com outros países. “A gente tem que entender a indústria de defesa como um instrumento de diplomacia”, afirmou. Segundo ele, o ciclo de vida de um produto de defesa é de cerca de 30 a 40 anos, e este seria o período de relacionamento entre os governos envolvidos.

Com esse foco, o novo cenário é a construção de toda uma cadeia produtiva e um processo, capitaneado pelo Ministério da Defesa. “O novo paradigma seria a Secretaria de Produtos de Defesa trabalhando realmente no fomento a base industrial de defesa e a ideia é atrair, não só empresas diretamente ligadas à produção, mas outras de apoio como bancos e fintechs, além de instituições como a própria FIESP”.

O CGERD é uma parceria entre a Escola Superior de Guerra (ESG) e a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP). São nove encontros com palestrantes que trazem a discussão de temas relacionados à Defesa e à indústria nacional.

registrado em: